Dormir um soninho pra não ser gordinho

dormir-um-soninho

Por Dr. Geraldo Amorim

A utilização de uma breve intervenção do sono, fornecida nos primeiros meses de vida e concebida para melhorar hábitos de sono desde o nascimento, foi associada à uma redução no risco de obesidade até os cinco anos de vida de acordo com nova pesquisa.

No estudo POI original, ainda que não tenham sido observadas diferenças significativas no IMC entre os grupos aos dois anos de idade, uma análise exploratória demonstrou que crianças no grupo de intervenção do sono apresentavam metade da probabilidade de serem obesas (IMC ≥ 95º percentil) em relação àquelas que não haviam recebido a intervenção.

A nova análise, que acompanhou participantes até os cinco anos de idade, mostrou que aqueles que receberam a intervenção do sono tinham escores z de IMC mais baixos aos 3,5 anos e aos cinco anos, quando comparados com o grupo controle e com o grupo de intervenção nutrição/atividade física.

Os resultados salientam que o sono – mesmo nos primeiros estágios da vida – tem um papel mais influente na prevenção da obesidade do que se percebe, explicou o Dr. Taylor, autor sênior do estudo.

“A relação entre não dormir o suficiente e apresentar maior risco de obesidade é, na verdade, maior do que a base de evidências para nutrição ou atividade física, onde os achados são ainda mais variados.”

REFERÊNCIA: https://portugues.medscape.com/verartigo/6502799

QUER RECEBER NOVIDADE POR E-MAIL?

CADASTRE-SE ABAIXO E RECEBA INFORMAÇÕES EM PRIMEIRA MÃO

Dicas de saúde para 2019

Prefira uma alimentação natural com frutas hortaliças, legumes, raízes, grãos integrais, sementes, ovos, frango, peixes que são ricos em nutrientes e são os melhores opções

Leia mais »
×
Olá! Estamos a sua disposição também pelo whatsapp. Só precisa clicar aqui para iniciar uma conversa.