Whey Protein – Danosa para os rins?

O Whey Protein é uma proteína com alto valor biológico extraída do soro do leite através de processo industrial.

Excelente fonte de aminoácidos, de fácil digestão e potente estimuladora da síntese proteica muscular por ser rica em leucina, a whey protein é o suplemento mais consumido no mundo esportivo, estando indicada inclusive para crianças e idosos.

Como todo suplemento proteico, se ingerida sem orientação e numa quantidade além da recomendada para o indivíduo, ela pode ter repercussões sobre a função renal, gerando aumento da filtração glomerular devido a sobrecarga ácida no corpo.

Por isso a avaliação do seu nefrologista integrativo é fundamental para a segurança na hora de suplementar.

Proteína para hipertrofia muscular

As proteínas são compostos formados de aminoácidos e desempenham no corpo funções como imunidade, estrutural e armazenamento de energia. A musculatura esquelética armazena cerca de 40% da proteína do corpo e por isso a suplementação proteica em atletas amadores ou profissionais é alvo de inúmeros estudos.

A recomendação de ingestão proteica diária leva em consideração características individuais como o sexo, a idade, a composição corporal, o estado de saúde, o grau de atividade física e do treinamento (intensidade, duração e frequência), variando de 0,8kg/kg/dia em sedentários podendo chegar até 2,5g/kg/dia em atletas de fisioculturismo, por exemplo.⠀

No que tange ao estado de saúde, a presença de problemas hepáticos ou renais altera de forma significativa essa prescrição e por isso todo indivíduo deve passar por criteriosa avaliação médica antes de ter sua quota proteica diária definida. ⠀

A proteína é uma aliada importante tanto na recuperação quanto na construção de massa muscular. Nos treinos de força, a ingesta pode variar de 1.6g/kg/dia até 2,5g/kg/dia, e no de endurance a mínima ingestão deve ser de 1.6kg/kg/dia.⠀

Para a suplementação devem ser utilizadas as proteínas de alto valor biológico, ricas em leucina, e aminoácidos que é potente ativador da síntese de proteína muscular. Os ovos, a proteína do soro do leite (whey protein) e as carnes são boas fontes, sendo que o whey protein destaca-se por conter uma maior quantidade de leucina em uma menor porção que as outras fontes citadas.⠀

Lembre-se, mais uma vez, de avaliar suas necessidades diárias dentro de uma equipe interdisciplinar formada pelo seu médico integrativo e nutricionista para que a #suplementação seja feita de forma segura e sem riscos a sua saúde.

Nutrientes e Alimentos que Auxiliam no Combate do Stress

Dando sequência as nossas conversas, gostaria de mostrar mais alguns nutrientes úteis no combate ao estresse:⠀ ⠀

🍊 VITAMINA C⠀
As glândulas adrenais são o local de maior consumo de Vitamina C de todo os organismos, sendo considerado o maior combustível adrenal. Exerce ação antioxidante, modula a sensibilidade ao ACTH (Hormônio Adrenocorticotrófico), e tem efeito vasodilatador. Pode ser usada em associação a outros bioflavonoides que dobram o poder de ação desta vitamina. Frutas e vegetais são as maiores fontes: uva, maçã, alho, cebola, chá verde, amora, mirtilo, laranja, manga, milho, cenoura, repolho, brócolis, tomate, goiaba e melancia.⠀ ⠀

🐟 VITAMINA B3⠀
A Niacina, que tem efeito calmante. Usada nos casos de ansiedade e pode ajudar no tratamento de distúrbios mentais.⠀
Encontra-se no fígado, peixe (bacalhau, atum e sardinha), batata doce, abóbora, pêssego e goiaba.⠀ ⠀

🍅 VITAMINA B5⠀
O Ácido pantotênico é outro nutriente muito utilizado no metabolismo das glândulas adrenais.⠀
Suas maiores fontes alimentares são: cogumelos, semente de girassol, abacate, ervilha, amendoim, gema de ovo, gérmen de trigo, brócolis, nabo, tomate, morango, ovos, abóbora, couve, acelga e milho.⠀ ⠀

🥜 MAGNÉSIO⠀
Fundamental para a atuação de mais de 300 enzimas no corpo humano. Auxiliam na produção dos hormônios adrenais e modula a neurotransmissão relacionada ao stress. Também participa na síntese de energia em todas as células do corpo. ⠀
Pode ser encontrado nas amêndoas, na castanha de caju, e no creme de amendoim.⠀ ⠀

🚫 Não se automedique ou se auto suplemente. 👨⚕️Procure sempre as orientações do seu médico clínico integrativo.⠀

Adaptógenos Adrenais- Como eles Auxiliam no Combate ao Estresse?

Já vimos que as glândulas adrenais (ou supra-renais) são responsáveis pela resposta do corpo ao estado de estresse agudo ou crônico.⠀

Os adaptógenos são fitoterápicos que auxiliam a resposta do organismo às situações extremas de estresse, seja ele emocional ou físico. Temos como exemplo o Ginseng coreano (Panax ginseng), o ginseng brasileiro (Pffafia glomerata), a maca peruana (Lepidium meyenii), a Rhodiola (Rhodiola rosea): que estimula o sistema imunitário e é antidepressiva e ainda a Ashwagandha (Withania somnifera): que aumenta a energia e melhora o sono.🌱🌱🌱 ⠀

Essas plantas, além da modulação do estresse, têm outros benefícios ao organismo como melhora do sono, memória, fadiga, depressão, aumentam a atividade bioelétrica e imunidade. Procure seu médico integrativo e agende um atendimento. Através de um acompanhamento, ele poderá indicar o melhor tratamento. Vença o estresse e conquiste saúde e qualidade de vida!⠀