Os seus hábitos podem te salvar

A Agência Internacional de Pesquisa em Câncer (International Agency for Research on Cancer) revela que 25% dos casos de câncer ao redor do mundo são causados por obesidade e um estilo de vida sedentário. Estudos clínicos também reforçam esses resultados, afirmando que a atividade física reduz a progressão do câncer, o que causa impacto nos índices de sobrevivência.

Você ainda não sabe como a atividade física te ajuda a diminuir o risco de câncer?

Relaxa que eu te explico 🤓

A atividade física reduz significativamente a inflamação, o estresse oxidativo, a porcentagem de tecido adiposo, a hiperinsulinemia, a leptina e as quantidades de hormônios sexuais.

E se você acha que ao começar a ser “fitness” só estará evitando doenças, fique de olho em todos os resultados positivos que vem junto do pacote 👀

+ imunidade
+ capacidade antioxidante
+ microbiota mais saudável
+ resposta anti-inflamatória

No mesmo estudo também encontramos evidências de que mulheres fisicamente ativas apresentam uma redução de 20% da incidência de câncer de mama se comparadas a mulheres sedentárias.

E então? O que você prefere? Uma prevenção ou diagnóstico 🤷‍♀‍?

3 sinais de que está precisando checar o seu zinco

O zinco é um mineral de extrema importância para o nosso organismo, destacando-se, principalmente por seu papel na imunidade, transcrição de genes, proteção das membranas celulares e crescimento de células T.

✅Primeiro sinal de você está com deficiência de zinco são surtos constantes de alergias crônicas, diarreia, perda de cabelo e inflamações de pele e problemas relacionados à atenção. Isso ocorre porque, como o zinco é importante para o crescimento de células T, a deficiência do mineral dificulta a apoptose, processo que “mata” células infectadas por microrganismos, fragilizando nosso sistema defesa.

✅Se seu apetite mudou radicalmente nos últimos meses , fique de olho, pois a hipozincemia pode e ser a culpada. O zinco desempenha um papel importante na função enzimática e na regulação metabólica e é um modulador significativo do apetite e dos comportamentos alimentares. Sugere-se que a hipozincemia contribua para a resistência à insulina e a obesidade por meio da diminuição da secreção de insulina. Dessa forma, o zinco pode diminuir a ingestão de alimentos, por exemplo, aumentando a produção de leptina e subsequentemente diminuindo o neuropeptídeo hipotalâmico Y.

✅Pessoas com hipozincemia apresentam, também, dificuldade na cicatrização de feridas pois

o zinco atua amplificando a proliferação das células, aumentando a epitelização e melhorando a resistência do colágeno durante o processo de cicatrização dos ferimentos.

E você, já dosou seus níveis de zinco alguma vez?

Candidiase de repetição VS Intestino – Qual é a relação?

A Candidíase de repetição é uma das alterações vaginais mais frequentes e muitos não sabem que essa infecção tem uma relação íntima com a microbiota intestinal.

🦠Os microrganismos presentes no trato intestinal obedecem a uma proporção criteriosa para garantir benefícios ao organismo de seu hospedeiro. Qualquer interferência nessa proporção pode trazer danos a imunidade, ao humor e a disposição.

🦠Quem se aproveita dessa condição são os fungos Candida albicans , presentes em 90% dos casos de Candidíase de repetição. Estudos reforçam que a disbiose intestinal devido a proximidade do reto e a vagina, o que possibilita a migração desses fungos.

🦠Cuidar do intestino é cuidar da vida. A alta ingestão de antibióticos, corticoides, anticoncepcionais, antiácidos e alto consumo de álcool favorecem quadros de inflamação e baixa imunidade.

🦠Tratar a candidíase envolve mudança hábito, principalmente alimentares como cortar da sua dieta glúten, Leite e derivados, carne vermelha e amendoim (alimentos que os fungos adoram)

🦠Um bom estudo da sua microbiota intestinal ajuda no diagnóstico e pode direcionar o tratamento de forma mais adequada;

E você, sofre de candidíase de repetição?

Você sabia que sua dieta pode te causar depressão?

🧠A depressão é um mal que atinge milhões de pessoas, levando a perda da qualidade de vida e do tempo de vida. O que muitos não sabem é que essa doença também pode estar relacionada vários com fatores fisiológicos, como inflamação crônica, disbiose intestinal e deficiência de neurotransmissores e hormônios;

🧠 Um fator constantemente negligenciado como causa de depressão são a dieta pobre em micronutrientes e vitaminas;

🧠Uma deficiência nutricional muito comum empessoas com quadros depressivos é a carência de vitamina B9, também conhecida como ácido fólico. Essa vitamina é um cofator na síntese de vários neurotransmissores e diminui a velocidade de deterioração da nossa memória;

🧠As principais fontes alimentares de ácido fólico são espinafre, feijão branco, aspargos, verduras de folhas escuras, couve de bruxelas, soja e derivados, laranja, melão, maçã, brócolis, gema de ovo, fígado, peixes, gérmen de trigo, salsinha, beterraba crua, amendoim, mas em quantidades insuficientes para suprir as necessidades diárias. O cozimento prolongado dos alimentos pode destruir até 90% do seu conteúdo em ácido fólico;

🧠Por esse motivo, o ácido fólico é frequentemente associado ao tratamento com antidepressivos, pois eleva a produção de serotonina e potencializa a ação desses medicamentos;

🧠Desse modo vemos que o cuidado com o equilíbrio nutricional é , inclusive, uma forma cuidar da sua saúde mental!

É isso que a medicina preventiva defende. Não espere a doença aparecer!

E Você já dosou seus níveis de ácido fólico🤔?

O seu intestino manda na sua mente e você nem percebe

Já falamos bastante sobre a importância do seu segundo cérebro, os intestinos, mas  agora vamos entender como as “bactérias intestinais” regulam até nossos pensamentos:

🦠O equilíbrio da microbiota intestinal influencia a função cerebral pois a síntese de alguns hormônios e neurotransmissores, como a serotonina e a dopamina, é realizada justamente nos intestinos, influenciando processos cognitivos, memória e humor;

🦠Estudos publicados na revista Nature comprovam que 90% da serotonina no organismo é produzida pelas células nervosas intestinais. Sua concentração, entretanto, pode ser reduzida pelo estresse e isso impacta o humor, a ansiedade, a felicidade e a depressão;

🦠Além disso, existe um processo que aumenta a permeabilidade dos intestinos o que pode causar fuga dessas bactérias do tecido intestinal em direção ao sangue. Isso pode acabar provocando resposta autoimunes e aumento de inflamação do corpo. Essas respostas alteradas, por sua vez,  afetam o nosso humor e disposição física  o que  pode ocasionar o aparecimento da depressão.

Mas calma!🖐 Esse post não é pra te assustar.

Você pode cuidar da sua microbiota intestinal com cuidados simples:

🍬Diminuir o consumo de alimentos processados, farináceos e açúcar;
🦠Ingerir probióticos e prebióticos (fibras);
🏋️‍♂️Ter constância nos exercícios físicos;
😡Manejar o estresse;
🥤Ingerir água;
💊Evitar uso de medicações como anti-inflamatórios e corticóides;
💩Manter o hábito intestinal regular.

Você quer emagrecer? Os músculos são seus amigos!

Muitos acham que para emagrecer tem que se “Matar nos Exercícios Aeróbicos” e acabam dispensando a musculação.

REPITAM COMIGO ➡️ QUANTO MAIS MASSA MUSCULAR, MAIS FÁCIL A GORDURA SERÁ QUEIMADA 💪 E SABE POR QUÊ ????

💪Pessoas com massa muscular elevada tem um metabolismo 17 a 25 vezes mais acelerado do que aqueles que possuem baixa massa muscular;

💪Durante a musculação, as células musculares produzem várias moléculas chamadas MIOCINAS, uma delas chamada IRISINA que estimula a queima de gordura e de quebra ainda regenera seus neurônios, melhorando sua memória;

💪E não termina por aí. Durante o treino, a fonte de energia usada pelo corpo são os carboidratos. Porém, durante a fase de recuperação ,no repouso muscular, É A GORDURA que será QUEIMADA pelos músculos !!! LOGO quanto MAIS MUSCULOS VOCÊ TEM MAIS GORDURA VOCÊ VAI QUEIMAR EM REPOUSO, ENTENDERAM??

💪 MAS LEMBRE-SE: Para emagrecimento a melhor associação é a MUSCULAÇÃO com o AERÓBICO. Mas, se só poder escolher apenas um, fique com a musculação OK ?!!

O que você está esperando para começar a trabalhar esses músculos?

Mariana, me procurou em sua luta contra a insônia…

Mariana, me procurou em sua luta contra a insônia. Mal sabia que a dermatite atópica e as insistentes dores no corpo tinham a mesma origem do problema que tirou seu sono…

Quando perguntei a Mariana o que mais a incomodava em sua saúde ela foi bem objetiva: Levantar da cama de manhã é uma tortura, mas ter um sono de qualidade também é um desafio. Não suporto mais esse sentimento de vazio e total ausência de disposição. Quero RETOMAR MINHA VIDA!

O interessante é que Mariana esqueceu de mencionar as manchas vermelhas na pele sem motivo aparente, e que a fazia recorrer de forma frequente ao uso de corticóides e anti-alérgicos. Na avaliação funcional, Mariana dormia sempre 1h da manhã, ficava no celular e TV até tarde. Acordava várias vezes à noite para “ir ao banheiro” e sempre ACORDAVA cansada pela manhã. Se queixava de libido baixa, ansiedade e stress elevado no elevado. Compensava sua frustração COMENDO, em especial à noite.Tinha intestino preso e usava laxantes com frequência há anos.
Ao exame, tinha olheiras escuras, escoriações na pele, alguns fios brancos nos cabelos, apesar de ser ainda muito jovem. Sua pressão era boa e não se queixava de tonturas. Nos exames laboratoriais mariana tinha níveis baixíssimos de cortisol pela manhã, além de B12, magnésio e vitamina D em níveis muito baixos.

O foco principal no seu tratamento foi a RESTAURAÇÃO DOS HÁBITOS DE SONO SAUDÁVEIS, associado ao uso de melatonina e fitoterápicos relaxantes. A Tv do quarto e o celular passaram a ser desligados as 21:30h. Para o intestino foi feita a exclusão de alimentos tóxicos como o leite de vaca, o trigo e os industrializados, junto com o aumento da ingestão de fibras, água e suplementação de biomassa de banana verde e probióticos. Isso garantiu um hábito intestinal regular e diário.

Após 3 meses de tratamento as alergias de pele melhoraram 90% e de quebra ela perdeu 3kg de massa gorda. As idas à academia não tinham mais caráter de sacrifício e naturalmente voltou a ter mais vitalidade e menos olheiras.

Após 6 meses mantenho a rotina de SONO, dieta, exercícios e suplementação, Mariana se viu com mais energia e disse que se sentia VIVA NOVAMENTE!

O controle da inflamação está na dieta!

“Que seu remédio seja seu alimento, e que seu alimento seja seu remédio”. 2500 A.C

Hipócrates já descrevia o nosso corpo como uma “máquina perfeita” criada para trabalhar a nosso favor, desde que sejam oferecidas condições adequadas para seu funcionamento. Ele afirmava que um dos pilares da saúde e bem-estar está no que entregamos ao nosso organismo como alimento.

“Ah Geraldinho, a minha vida toda eu sempre comi tudo que me deu vontade e nunca tive problemas com minha saúde”. Essa frase, além de reforçar o DESCASO que você tem com você mesma(o), reforça também que você se ACOSTUMOU a ter sintomas e sinais de INFLAMAÇÃO CRÔNICA há tanto tempo que nem consegue mais lembrar de como é estar se sentido bem e saudável🥴

Para DESINFLAMAR é importante;
1. Saber quais são os ALIMENTOS INFLAMATÓRIOS como o açúcar, a farinha de trigo, as bebidas açucaradas como os refrigerantes, as bebidas alcoólicas etc. Eles são ricos em conservantes, corantes e espessantes.

2. Ter uma DIETA BALANCEADA, com a quantidade de calorias adequada é importante, principalmente quando você quer emagrecer e precisa queimar as gordurinhas extras que INFLAMAM seu corpo. Comer em excesso, mesmo que alimentos saudáveis, podem inflamar você;

3. Ingerir a quantidade de vitaminas e minerais como a vitamina D, magnésio e vitamina B12 também. Pois eles ajudam o corpo a desinflamar, produzir energia e substâncias importantes como os hormônios, dopamina e testosterona importantes para a sensação de bem-estar.

Me conta aí, como está sua dieta e quais são suas dificuldades para comer saudável?

Você está se sentindo inflamado? Como está o seu sono?

Você já ouviu alguém dizer que “dormir é perda de tempo”? 😴🕑

💤O sono é REPARADOR e responsável pela manutenção de várias funções biológicas do nosso corpo, sendo um dos principais “REMÉDIOS” na luta contra a INFLAMAÇÃO CRÔNICA.

💤Durante o sono liberamos o HORMÔNIO mais importante do CORPO, A MELATONINA. Ela é responsável pela regulação do nosso relógio biológico 🕑, pela manutenção da temperatura corporal 🌡 e pelo gasto de energia ⚡e organização de todos os nossos hormônios, em especial dos níveis de Cortisol.

💤A inflamação decorrente do Sono não-reparador desencadeia uma série de distúrbios hormonais como a resistência à insulina e a desregulação dos níveis normais de alguns hormônios, como o GH (hormônio do crescimento), o cortisol, a Grelina e a ferritina. Essas alterações promovem ansiedade, queda de energia ao acordar, obesidade, compulsão alimentar, e queda de libido.

💤Além disso, o sono é essencial na manutenção e fixação da memória e aprendizado 👨‍🏫, “limpando” sua mente para novos aprendizados. Desse modo o Sono ruim pode desencadear distúrbios psiquiátricos, perda de memória e em casos mais graves até ideação suicida.

💤E não termina por aí. O Sono também influencia na ocorrência de câncer 😱 Já foi comprovado que pacientes com níveis baixos de melatonina na urina, decorrente do sono ruim, tem ocorrência maior de câncer. Além disso, o SONO REPARADOR mantém nosso DNA saudável evitando o desgaste e encurtamento do TELÔMERO, estrutura responsável pelo envelhecimento celular prevenindo o Câncer.

💤Então, investir no seu sono não é perder tempo e, sim, ganhar mais anos e com muita qualidade de vida!

Me conta aqui nos comentários, como anda seu sono?

O que a ferritina tem a ver com inflamacão

Sua ferritina está alta e você não sabe o que isso significa?
Calma que eu te explico😌

⚡A ferritina é uma proteína com função transportar ferro de uma célula para outra. Ao interagir com células do sistema imunológico, ela diminui a proliferação celular, já no sistema nervoso ela aumenta a entrega de ferro, trabalho de extrema importância para a manutenção da mielina dos neurônios.

⚡Incrível né! Porém, em excesso, a ferritina denuncia um estado pró inflamatório 🤒 e, por isso, o alto nível de ferritina no plasma é reconhecido como um marcador de fase aguda e crônica de inflamação.

⚡É importante lembrar que gordura no fígado, a famosa esteatose hepática, distúrbios do sono, como a insônia e apneia do sono, também elevam a FERRITINA, a qual indica o estágio inflamatório do organismo.

⚡Assim, a FERRITINA  ALTA aumenta seu risco de infarto, AVC, câncer e envelhecimento precoce.

⚡Mas, se a ferritina fornece o ferro para o funcionamento celular, por que a concentração elevada de ferritina é um problema?

⚡Na inflamação o ferro é “sequestrado” para que não seja utilizado por células tumorais e patógenos e, assim, não fica disponível para suas funções fisiológicas como a produção de novas células sanguíneas.

⚡Vale lembrar que as hemácias oxigenam o organismo. Então o declínio da produção de células sanguíneas durante a inflamação é um dos motivos que te deixam CANSADO, SONOLENTO e DESMOTIVADO.

⚡A melhor forma de NORMALIZAR  a Ferritina é desinflamando o seu corpo com bons hábitos de sono 😴, manter a COMPOSIÇÃO CORPORAL 💪 em níveis adequados, manter os hormônios equilibrados⚖ e a atividade física em dia🏃‍♂️.

Algum médico já reclamou da sua ferritina 🤔 ?